sexta-feira, 11 de maio de 2012

ComoVer a Terra - Oficina corporativa

Oficina realizada com a equipe de criação da Brain Box Design Estratégico, em maio de 2012.

Objetivos:
. Vivenciar a criação de uma obra artística, promovendo o trabalho coletivo e cooperativo entre os participantes.
. Promover ações de observação do ambiente em que vivemos, despertando os sentidos de atenção e cuidado com as coisas e pessoas que nos cercam.
. Estimular o espírito criativo e inovador dos participantes.
. Transmitir conceitos de preservação ambiental, ecológicos e socialmente responsáveis, que poderão ser disseminados depois a toda a empresa.
. Produzir uma obra de arte construída com o trabalho conjunto.
. Promover internamente a imagem da empresa, através de uma atividade criativa, divertida e lúdica.











quarta-feira, 9 de maio de 2012

ComoVer a Terra

https://lh6.googleusercontent.com/-5yDCGPpyArI/S4WFbgXmsII/AAAAAAAABxU/RycgJ2-ntRo/s400/DSC_6119b.jpg


ComoVer a Terra é um projeto de pintura em grupo, em que os participantes representam a terra de um ângulo diferente: a paisagem olhada de cima, do alto.

A imagem do chão do ponto de vista de quem o pisa. A ideia é criar coletivamente uma tela em tamanho natural, pintando a paisagem onde se vive e não a que se vê olhando em torno. O chão como pano de fundo, a terra pintada com terra, por uma poética pé no chão, num exercício lúdico – poético - coletivo.



https://lh5.googleusercontent.com/-Hy_o6djvnQ0/S4WFk5LQQnI/AAAAAAAABxc/2wODe96hV1U/s400/DSC_6187b.jpg

https://lh6.googleusercontent.com/-GrxQGKb8UuE/S8cYX9d7ETI/AAAAAAAAB_I/5h9CUv1OY-o/s640/OgAAAJvVV0IlcWZDAayxo6xu0g4aCtPuzj1dFyDjTdub0Q8qoF0N30xSkSa4m3SlbnL3gwxfCKjmoE3DvM11z40VJVwAm1T1UJWaPZRrEAQmQqaOCYCvG1nW_NCo.jpg

https://lh5.googleusercontent.com/-TSKzXle5YIk/S4WEjYIKWHI/AAAAAAAABw4/KFYz3-ZBZLQ/s720/DSC_6176.jpg

https://lh4.googleusercontent.com/-15ZnzVpYyog/S_0az7NjZcI/AAAAAAAACC8/bAv-QkPBYWg/s512/OgAAAA4lS6-pNwPbP0nZuQ8UTYN8-_BNy8g2O86jsR_T_QT609b8NulnnjQXFQ53SZV0dnzZF6_4CMfHgQ8V_kzLP7kAm1T1UBcN4Adh-oXIF7cLSv6fY_vqAaP3.jpg


“Uma oficina divertida, que tem como resultado uma pintura mural do tamanho natural.
Uma obra de arte criada coletivamente.”


https://lh4.googleusercontent.com/-Gcd-RzD0mvc/S8hij_QYJBI/AAAAAAAACBQ/OvuTznf17M0/s800/projeto%2520expo%252001%2520pag%25202.jpg


https://lh3.googleusercontent.com/-RLC-QmVsCbw/TKM3bC1zWPI/AAAAAAAACG8/S_gk0fC5Fe8/s576/SUBSEA7_EVENTO%2520PONTAL%252013032010_625.jpg



https://lh4.googleusercontent.com/-vDBe2VKc-R8/S7SHd12AnUI/AAAAAAAAB8c/zovq74HPEy8/s640/desconstru%25C3%25A7%25C3%25A3o%2520da%2520natureza%2520morta.jpg
“Desconstrução da natureza morta em uma paisagem do tamanho natural”

ComoVer Curitiba

https://lh4.googleusercontent.com/-Wc1dT8y7GoQ/T6rIjrF7C4I/AAAAAAAACRY/g0J2eqwHj0w/s512/comendador%2520araujo.jpg


O método de pinturas por camadas desenvolvido no projeto ComoVer Curitiba obedece a uma seguência de ações que serão realizadas por todos os artistas consequentemente. Em todas as ações todos trabalharão em todas as telas.

Cada obra terá sido feita com a participação de todos os membros do grupo. Esse método ou prática permite o trabalho de vários agentes em ação. Isso abre caminho para a participação de mais pessoas, crianças e não artistas. O que possibilita a realização de oficinas em cima da tela previamente “preparada” pelos artistas.

Aos artistas cabe a função de iniciar o processo de pintura por camadas, além de pintura a experiência se estende à gravura e à “frotagge”. A proposta é fazer uma imagem hiper-realista da calçada, para que sobre essa se faça camadas de interferência, nas oficinas, por outros agentes.
Aos participantes das oficinas cabe a intervenção feita com o tema “ Brincadeiras de rua”.



Paisagens do tamanho natural, pintadas por camadas: Petit pavês, “frotagge” da impressão digital de Curitiba. Entre as pedras, a mistura de terras do interior. Pegadas, o carimbo da bicicleta. Flores de ipê ou jacarandá assim como folhas de ficus, coquinhos e pinhões jogados no “chão” dão o mote poético. Essa pintura é também coletiva e participativa. Pintura de topo. A sombra de um pássaro no chão ao lado da sombra de uma pipa (papagaio, setra) sugere a harmonia do homem com o vento. Dando solidez poética à proposta geral: ComoVer.

https://lh3.googleusercontent.com/-R9QPm4bWZBs/T6rIckomjdI/AAAAAAAACRQ/cUx1fHVgwu8/s512/bar%25C3%25A3o%2520com%252015.jpg

Seja bem vindo

Este blog irá registrar a atual trajetória do artista plástico Rettamozo (Retta) e sua proposta poético-lúdico-coletiva: O Projeto ComoVer.

https://lh4.googleusercontent.com/-PPD_xTew3Sc/S8hiYuwxaNI/AAAAAAAACBI/T1gsjZfGXGw/s512/projeto%2520expo%252001%2520pag%25201.jpg

"Estamos aqui para reafirmar a pintura e propor uma nova arte, hipermoderna como deve ser, depois de tudo... com a mistura de estilos e tendências com um objetivo acima da estética. Como assim? Vamos pintar, como der na telha, figurativo ou abstrato, estilizado ou brega, mas vamos pintar todos juntos não a paisagem que se vê mas sim aquela em que se vive. "

Arte pé no chão!

https://lh3.googleusercontent.com/-iSNeaTeQgPQ/S4WGLEZ1G0I/AAAAAAAABx0/RdCTU-0-_xc/s512/jardim%2520do%2520sorriso%2520interior.jpg
Jardim do Sorriso interior - Acervo do Museu Oscar Niemeyer